Lucca Dotti filho de Audrey hepburn lança o livro "Audrey At Home".



O filho mais novo da atriz Audrey Hepburn, Luca Dotti, não tinha noção de que sua mãe era uma estrela de cinema mundialmente conhecida até os seis anos de idade. 

"Nunca percebi que ela era Audrey Hepburn. Não sabia de sua vida de estrela de cinema, pois ela sempre olhou para meu pai como se ele fosse o centro das atenções", revela na publicação
.
"Não me esqueço do momento, porque estava tão envergonhado que corri para o meu pai e disse: 'Isso é sério. Você deve estar chateado. Mamãe está beijando outro homem'. Esta história explica o quanto eu estava ciente de que minha mãe poderia ser uma estrela de cinema. Eu não tinha ideia", conta.
No seu livro Luca Dotti, filho da atriz com o segundo marido, Andrea Dotti, Luca compartilha em sua obra as receitas favoritas da mãe, fotos de família nunca antes divulgadas, e mostra ainda um lado privado da estrela hollywoodiana pouco conhecido.

Fontes:

Audrey Hepburn é o ícone de estilo do Reino Unido!



Por Life&Style


Duas décadas após a sua morte, a actriz ficou em primeiro lugar num inquérito que quis descobrir quais os dez britânicos com mais estilo de sempre.


Uma pesquisa, encomendado pela marca Samsung para promover o lançamento de um novo telemóvel e feito a cerca de dois mil britânicos, teve resultados algo surpreendentes: a atriz Audrey Hepburn – que nasceu na Bélgica, mas tem nacionalidade britânica – assegurou a liderança das votações. Duas décadas após a sua morte, continua a ser vista como símbolo maior de elegência e estilo. Já a Princesa Diana (que morreu em 1997) ficou em 2.º lugar. E, a fechar o top 3, encontra-se o ex-jogador de futebol David Beckham.

Ainda no top 5 está a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, no 4.º lugar, seguida da modelo Twiggy. A rainha Elizabeth I (que reinou no séc. XVI), ocupa o 6.º lugar, à frente do actor Sean Connery e do cantor David Bowie. Nos últimos dois lugares da lista estão celebridades do mundo da moda: a designer Victoria Beckham, em 9.º e a modelo Kate Moss, em 10.º.

Fontes:

Emma Hepburn Ferrer neta de Audrey Hepburn!



Normalmente, modelos assinam um contrato, começam a trabalhar na área e, então, aparecem nas capas de revistas. Mas não quando se trata da neta do ícone do cinema e da moda Audrey Hepburn. A jovem Emma Ferrer fez o caminho contrário: ficou conhecida após estampar a capa da Harper's Bazaar em setembro, em fotos que mostrava sua semelhanda com a avó, e acaba de assinar um contrato com a Storm Models, segundo a "New York Magazine".

"Emma Hepburn Ferrer, 20 anos, é capa da Harper's Bazaar de setembro homenageando a avó, que posou para a revista por diversas vezes nos anos 50." Emma Ferrer
A agência é a mesma de Kate Moss e Cara Delevingne. É claro que, por se tratar da neta de Hepburn, o contrato não aplica as mesmas regras das modelos iniciantes. Segundo o "The Telegraph", a jovem de 20 anos, que estuda arte em Florença, mudará em breve para Nova York. Isto é, uma estudante de arte europeia se muda para Manhattan para se tornar o novo rosto da moda: não é exatamente o oposto do roteiro de "Cinderela em Paris"?

Fontes:
http://revistamarieclaire.globo.com/reportagem
http://www.mah4021.com//imagem e citação

Google celebra 85 anos de Audrey Hepburn em novo Doodle!




Hepburn morreu em 1993 e era conhecida por papeis em filmes como My Fair Lady, Guerra e Paz, Sabrina
Foto: Google / Divulgação
O Google homenageou, em seu novo Doodle, a atriz, modelo e humanista Audrey Hepburn que comemoraria hoje 85 anos. Nascida na Bélgica, Hepburn morreu em 21 de janeiro de 1993, aos 63 anos, vítima de um tipo raro de câncer no apêndice. Entre 1988 e 1992, ela atuou como embaixatriz da Unicef, promovendo ações de educação e de alimentação para as crianças em regiões pobres do mundo.

A imagem utilizada pela gigante de tecnologia em seu site de busca é baseada na clássica foto, em preto e branco, do fotógrafo Yousuf Karsh, tirada em 1956. Segundo a artista responsável pelo Doodle, Jennifer Hom, ela adicionou pequenas “pistas” dos filmes de Hepburn para completar a imagem, como o rosa-choque, além do fundo com a atriz dançando e abraçando crianças.

Hepburn é conhecida por papeis em filmes como “My Fair Lady”, “Guerra e Paz”, “Sabrina” e ficou imortalizada por “Bonequinha de Luxo”, ao interpretar a prostituta de luxo Holly Golightly. A atriz foi eternizada como símbolo de graça e beleza dentro e fora das telas.

Audrey Hepburn recebeu dois prêmios Oscares, por sua atuação em “Roman Holiday”, em 1953, e o prêmio humanitário Jean Hersholt, em 1992, por seu trabalho voluntário.

Fonte:

Audrey Hepburn seu estilo é atemporal!

A ALMA DA ELEGÂNCIA
1. Audrey em foto de 1960 2. Audrey descansa no set de Guerra e paz, 1955. Depois dela, as sapatilhas nunca mais saíram da moda 3. Jogando cartas com Gregory Peck nas gravações do filme A princesa e o plebeu, 1953 4. Mel Ferrer, seu primeiro marido, o cão Mr. Famous e Audrey no Museu do Capitólio, 1958 5. Audrey e seu segundo marido, o psiquiatra italiano Andrea Dotti, 1970 (Foto: Reporters Associati (2), Dupla Paramount/The Kobal Collection/AFP, Elio Sorci/Camera Press/Photomasi e Photomasi )

Por Flavia Yure Oshima

Um novo livro, "Audrey in Rome", organizado por seu filho caçula, Luca Dotti, mostra por que a atriz virou um símbolo eterno da sofisticação e do bom gosto

"Suas pernas eram compridas demais, a cintura muito fina, os pés muito grandes, assim como os olhos, o nariz e as narinas enormes. Quando sorria, revelava uma boca que engolia todo o rosto. Ele era até meio redondo, pobrezinha. Mas mostrava tanta segurança no movimento, que suas imperfeições ficavam para trás. Como uma coisinha tão jovem podia ter entendido postura tão completamente?” Como fez em muitos de seus textos, a escritora francesa Sidonie Gabrielle Colette traduziu imediatamente o que intrigara muita gente durante anos. Magra (1,70 metro e 50 quilos), morena, sem curvas, como foi possível à atriz Audrey Hepburn conseguir um lugar no panteão de divas, em meio a beldades loiras de corpos curvilíneos ao estilo de Marilyn Monroe, Doris Day ou Anita Ekberg? Por que Audrey fascinava e, ainda hoje, mais de 50 anos depois de atingir a fama, ainda é ícone de moda e estilo? O que faz da elegância de Audrey algo atemporal?


"Audrey tinha a rara qualidade de ter consciência de quanto sua vida era extraordinária. Isso lhe dava humildade, em vez de lhe subir à cabeça”, escreveu Melissa Hellstern, autora de duas biografias dela. O comportamento gentil não foi alterado nem nas fases em que suas crises pessoais estavam expostas. Sofreu quatro abortos. As infidelidades do segundo marido, o psiquiatra italiano Andrea Dotti, estampavam as colunas de fofoca. Audrey passou por altos e baixos sem corromper o temperamento. “Essa integridade é a verdadeira base de sua elegância à prova do tempo e do vai e vem da moda”, diz Valeska Nakad, da Faculdade Belas-Artes de São Paulo. No livro que o filho mais velho, Sean Ferrer, escreveu sobre Audrey, ele afirma: “As pessoas falam das roupas de mamãe, de seu porte. Sua elegância não vinha do que se podia ver. Vinha de sua alma”. A opinião de Sean está longe de ser isenta. Mas não precisava ser. A força do símbolo de Audrey mostra que ele estava certo.


Fontes:
http://revistaepoca.globo.com/reportagem e Imagen

Curiosidades sobre Audrey Hepburn



1) Audrey Hepburn recebeu um salário de 750 milhões de dólares para a sua prestação em Boneca de Luxo, tornando-se o segundo maior ordenado pago a uma atriz na altura, sendo o primeiro o de Elizabeth Taylor pela sua premiada atuação em Cleópatra.

2) Foi lançado, em 2000, um filme biográfico - The Audrey Hepburn Story, sobre a vida da atriz, gerando muita polemica entre a crítica e os seus fãs pela escolha da atriz que iria desempenhar Hepburn - Jennifer Love Hewitt, que fora enxovalhada pelos espectadores de forma brutal.

3) O vestido usado por Audrey Hepburn em Boneca de Luxo foi leiloado por 800 mil dólares, o dinheiro reverteu para a construção de 15 escolas para crianças pobres indianas.

4) Recebeu o Jean Hersholt Humanitarian Award (prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas), em 1993, por seu trabalho como embaixadora da Unicef. O prêmio foi recebido, postumamente, pelo seu filho, Sean Hepburn Ferrer.

5) Das primeiras aparições que fez na televisão, Audrey Hepburn foi criticada pelos seus pés excessivamente grandes e descrita como demasiado alta, ossuda e máscula. Anos mais tarde, a atriz fora considerada pela elite da moda americana como o ideal de beleza e o ícone de uma figura física perfeita.

6) Audrey fez uma promessa vitalícia: que nunca iria exceder os 46,5 kg. Exceptuando os períodos de gravidez, a atriz nunca ultrapassou o limite que tinha estipulado.

7) Em 1990, Audrey foi homenageada de forma invulgar: o seu nome fora atribuído a uma nova espécie de tulipa.

8) Sean Ferrer, o filho da atriz, revelou o segredo pessoal de Audrey Hepburn para o sucesso: fazer sempre o que se quis, e nunca o que os outros esperaram dela.

9) O clima entre Audrey Hepburn e Humphrey Bogart durante as filmagens de Sabrina era tenso e dificultava a espontânea rodagem do mesmo, e atriz esteve para ser substituída por Lauren Bacall.

10) Audrey teve um degaste físico no inicio das filmagens de Charada, pois foram iniciadas apenas dois dias após a rodagem de Quando Paris Delira.

11) Durante as filmagens "O Passado Não Perdoa", Audrey Hepburn fez uma paragem para ir caçar patos no lago das redondezas. O barco afundou, e atriz foi salva por uma fotógrafa que a avistou durante o sucedido.

12) Ainda na rodagem "O Passado Não Perdoa", Audrey Hepburn ficou gravemente ferida ao cair de um cavalo, onde estava grávida de vários meses. Após 6 semanas internada, a atriz voltou à rodagem usando um colete ortopédico que dificultou a sua atuação. Alguns meses passados, sofre um abordo e o realizador John Huston culpou-se pela tragédia - facto que Hepburn desmentiu logo de seguida.

13) A recente série Gossip Girl acarreta várias influências da filmografia de Audrey Hepburn: a personagem principal, Blair Waldorf interpretada por Leighton Meester, idolatra a atriz e o seu filme preferido é Boneca de Luxo. O primeiro episódio é intitulado de Roman Holiday, em português - Férias em Roma, a fita que garantiu o óscar a Hepburn na categoria de Melhor Atriz.

14) As rivalidades de Audrey Hepburn com Elizabeth Taylor foram algo que se constatou ao longo da carreira de ambos: em Minha Linda Senhora, Hepburn interpreta a personagem principal, papel que Taylor sempre invejou e manisfestou interesse de o encarnar. Jean Simmons, o realizador de Férias em Roma, quase interrompeu de completo a produção do filme porque Elizabeth Taylor recusara o papel devido a projetos que a mantinham ocupada - Hepburn substituiu-a e Taylor nunca ultrapassou o sucesso que a atriz teve na personagem que a mesma recusou, arrecadando até um óscar de Melhor Atriz. Esta competitividade acentua-se, também, no fato de Taylor ter superado Hepburn no salário mais alto atribuído a uma mulher no mundo do cinema (consultar curiosidade nº1).

15) O último filme da atriz foi Sempre, que marcou o fim da sua carreira e o último fracasso de bilheteiras de Steven Spielberg como diretor, que atingiu a prosperidade com Hook, protagonizado por Dustin Hoffman, Robin Williams, Júlia Roberts e Maggie Smith.

Fontes:
 
Breakfast With Audrey Hepburn © 2011 | Designed by Ibu Hamil, in collaboration with Uncharted 3 News, MW3 Clans and Black Ops